Programa

Aula em 3 tempos:

Na primeira parte da aula:
Apresentação  sobre esta rede global presente em mais de 160 países, fundada por Carlo Petrini, na Itália, em 1986, como um protesto contra o fast-food e a fast-life.

Na segunda parte do encontro:
Jerônimo Villas Boas as dará destaque às abelhas nativas, seus produtores e a  importância como agentes polinizadoras – responsáveis pela reprodução de grande parte das espécies vegetais. Também aborda mecanismos de preservação e ressalta a crise relacionada, em diversas partes do mundo, ao uso indiscriminado de agrotóxicos inseticidas, que o movimento luta tanto pelo banimento.

Degustação e usos na cozinha: O  mel de abelhas nativas é mais líquido, mais ácido e menos doce quando comparado ao das abelhas de origem africana.

Nesta parte da aula a chef Mariana Villas Boas demonstra algumas receitas e conduz degustação de méis.

Mais sobre o movimento  Slow Food: O movimento internacional sem fins lucrativos defende o alimento bom, ou seja, saboroso; limpo, que não prejudica o meio ambiente e o bem-estar animal; e justo, em relação às condições de trabalho e remuneração dos produtores. São três as suas grandes missões: defender a biodiversidade alimentar, difundir a educação do gosto e aproximar os agricultores dos consumidores através de eventos, iniciativas e projetos como a Arca do Gosto, Fortalezas Slow Food, Aliança de Cozinheiros e o Terra Madre, entre outros.

 

25 vagas – sujeitas a disponibilidade.
Solicite sua reserva através do info@wkcozinha.com.br, enviando seu nome e telefone.
Aguarde confirmação ou entre em contato por telefone.

Datas e horários

1 Aula
2a. feira
23/Abril
19 às 22h